Oradata

Database ARCHIVELOG Mode

Database ARCHIVELOG Mode

Olá a todos,

A partir deste de hoje estaremos iniciando uma série de artigos falando sobre RMAN (desde o início) até os temas mais complexos, no intuito de passar além do conhecimento, muitas dicas e sugestões que podem ser úteis no seu dia a dia como DBA.

E neste primeiro artigo, vamos falar de algo muito simples e fácil de fazer, porém apesar de simples algo muito importante para fazer backups com o RMAN, que é colocar o banco de dados no modo ARCHIVELOG. Quando você cria sua instância de banco de dados com o DBCA já é possível colocar o banco de dados no modo ARCHIVELOG (basta marcar um check box  na etapa 7 de 12 do DBCA), porém caso você não tenha feito isso neste momento é possível executar posteriormente.

Colocar o banco de dados no modo ARCHIVELOG é muito importante, pois quando você habilita essa funcionalidade no banco de dados, você passa a ter a possibilidade de executar uma série de atividades que aumentam a segurança dos seus dados como por exemplo “backups hot” (sem dar shutdown), uso das tecnologias de flashback como flashback data archive, flashback database além de poder replicar seu banco de dados para um banco de dados para outro servidor de maneira online. Enfim são só algumas das muitas facilidades que ganhamos com o banco de dados em modo ARCHIVELOG.

Para colocar seu banco de dados no modo ARCHIVELOG é fácil, basta executar basicamente quatro comandos, na seguinte orderm:

1) SHUTDOWN IMMEDIATE: Para colocar o banco de dados em modo ARCHIVELOG,  sua instância não pode estar aberta (online), sendo assim faça um shutdown.

2) STARTUP MOUNT: Para colocar o banco de dados, é preciso que sua instancia esteja no modo MOUNT, sendo assim, após o shutdown inicie sua instância neste modo.

3) ALTER DATABASE ARCHIVELOG: Com a instância no modo MOUNT,  agora é hora de alterar seu status de NOARCHIVELOG para ARCHIVELOG.

4) ALTER DATABASE OPEN: Depois que você alterou sua instância de banco de dados para o modo ARCHIVELOG, agora basta deixá-la disponível para os usuários novamente. Para isso é preciso abrir o banco de dados.

Para melhor entendimento, abaixo uma imagem com os comando executados em um banco de dados para fins de laboratório.

Dica: Quando você quiser saber se determinada instância de banco de dados está no modo ARCHIVELOG, entre no Sql*Plus como privilégio de SYSDBA e digite o comando ARCHIVE LOG LIST. Este comando lhe informa o status da instância com relação ao modo ARCHIVELOG.

Forte abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *